Pesquisar neste blog

28 de dez de 2010

Oh Holy Night 3

Continuando com a overdose de Oh Holy Night (corro o risco de depois dessa semana, ninguém suportar mais por um bom tempo ouvir Oh Holy Night - hehehehe), trago hoje mais 3 versões da canção: a primeira. que eu apreciei pela força da interpretação de Josh Groban, a melhor que eu já vi;  a segunda, uma versão clássica lírica em norueguês, que também achei original e interessante, cantada por um dos membros do Oslo Gospel Choir (Coral Gospel de Oslo); e a terceira, uma versão "disco", bem dançante e bem ritmada da supracitada canção, que achei bom demais da conta rapaz.  E uma vez mais, três doses de Oh Holy Night na veia (rsrsrsr).


Nenhum comentário:

Postar um comentário